PSG tem R$ 1,3 bi reservado para comprar CR7, Neymar ou Lewa

PSG tem R$ 1,3 bi reservado para comprar CR7, Neymar ou Lewa

Apesar da atuação impactante nas últimas janelas de transferências, o Paris Saint-Germain está pronto para impressionar o mundo do futebol ainda mais suas altas cifras. O jornal "L'Équipe" afirma nesta quarta-feira que o clube parisiense conseguiu se adequar às regras do Fair Play Financeiro da Uefa e, por isso, estará livre para gastar ao fim da atual temporada, quando deve buscar um novo astro para o lugar de Ibrahimovic. A publicação diz que a diretoria já separou € 300 milhões para isso e tem três opções: Cristiano Ronaldo, Neymar ou Lewandowski.

O jornal francês diz que o PSG terá um orçamento de € 520 milhões e, por isso, conseguirá separar uma cifra tão alta para buscar um reforço. Na verdade, os € 300 milhões são suficientes para comprar até mesmo dois jogadores de tal peso, uma vez que a cláusula rescisória de Neymar, por exemplo, custa "apenas" € 190 milhões.

A prioridade seria buscar um novo protagonista para a equipe, uma vez que Ibrahimovic vem tendo sua saída especulada desde a última temporada. Aos 34 anos, o sueco poderia deixar os principais centros do futebol na Europa para jogar na MLS, e o clube precisaria de um novo líder para o projeto iniciado desde a chegada do xeque Nasser Al-Khelaifi. A princípio, o sonho do dono do PSG seria Cristiano Ronaldo - que também pode estar perto do adeus ao Real Madrid, segundo a imprensa espanhola.

O Paris Saint-Germain vem fazendo contratações de peso em todas as janelas de transferências desde a compra do clube por Al-Khelaifi, em 2011. A última delas foi Di María, comprado ao Manchester United por 45 milhões de libras (R$ 262 milhões ou € 59 milhões), no meio do ano passado. Antes disso, nas temporadas anteriores, o clube pagou € 49,5 milhões por David Luiz (2014/15) e € 64,5 milhões por Cavani (2013/14). Em sua primeira grande atuação no mercado, na temporada 2012/13, desembolsou € 42 milhões por Thiago Silva, € 40 milhões por Lucas, € 28,9 milhões por Lavezzi e € 21 milhões por Ibrahimovic. Em 2011/12, pagou € 42 milhões por Pastore.